SITUAÇÃO:

– Elevado índice de ruptura da cadeia de suprimentos, ocasionando paralisação das atividades operacionais, queda do volume de vendas, margem bruta e EBITDA.

SOLUÇÃO:

– Redesenho dos fluxos operacionais de planejamento das demandas, da produção e das compras e logística, desde a atuação junto a fornecedores até o pós-venda junto aos clientes;

– Desenvolvimento e implementação de um plano de gerenciamento de riscos de ruptura operacional, aplicando ferramentas e metodologias específicas de Supply Chain;

– Capacitação dos executivos e demais pessoas-chave da empresa, em sua matriz e filiais.

PRINCIPAIS RESULTADOS:

– Aumento do volume de vendas, margem bruta e EBITDA;

– Drástica redução do índice de ruptura operacional da empresa;

– Redução de custos em função da renegociação de contratos de fornecimento,
redesenho da malha logística e aumento da produtividade.